quinta-feira, 30 de maio de 2013

Amazonas terá R$ 86 milhões para obras em portos




O governo federal liberou R$ 86 milhões para a construção de terminais hidroviários no Amazonas.  Os recursos, destinados à Secretaria Especial de Portos, são investimentos suplementares de obras que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).  No estado, terão aporte de investimentos as obras de construção de terminais portuários em 22 municípios do interior. Na capital, haverá recursos para as obras o Porto da Manaus Moderna. Ao todo, o governo federal liberou R$ 215 milhões para a Secretaria investir em portos de todo país.

Os municípios que receberão os investimentos são: Alvarães, Anori, Anamã, Barreirinha, Beruri, Boa Vista dos Ramos, Canutama, Carauari, Careiro da Várzea, Codajás, Eirunepé, Envira, Guajará, Ipixuna, Iranduba, Itamarati, Itacoatiara, Itapiranga, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Silves e Tapauá.

O senador Eduardo Braga (PMDB/AM), líder do governo no Senado, comemorou a liberação dos recursos. Segundo ele, os investimentos em portos no interior são essenciais para o desenvolvimento do estado.

“A liberação desses recursos é de extrema importância para melhorar o acesso aos municípios do Amazonas e facilitar o transporte de pessoas e de cargas no nosso estado”, disse o senador.
Veja abaixo quanto será destinado a cada município.


Alvarães - R$ 3.600.000,00

Anamã - R$ 3.800.000,00

Anori  - R$ 3.400.000,00

Barreirinha - R$ 2.185.000,00

Beruri  -  R$ 1.285.000,00

Boa Vista dos Ramos -  R$ 2.885.000,00

Canutama - R$ 3.785.000,00

Carauari - R$ 2.785.000,00

Careiro da Várzea - R$ 8.983.000,00

Codajás - R$ 3.785.000,00

Eirunepé - R$ 900.000,00

Envira - R$ 3.800.000,00

Guajará - R$ 2.985.000,00

Ipixuna - R$ 3.985.000,00

Iranduba - R$ 3.280.000,00

Itacoatiara - R$ 7.300.000,00

Itamarati - R$ 4.485.000,00

Itapiranga - R$ 2.885.000,00

Manaus - R$ 9.600.000,00

Parintins - R$ 2.900.000,00

São Gabriel da Cachoeira - R$ 900.000,00

Silves - R$ 3.800.000,00

Tapauá - R$ 2.985.000,00

TOTAL- R$ 86.298.000,00

Assessoria do Senador Eduardo Braga.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Em 2012, prefeitos e ex-prefeitos do Amazonas foram condenados em R$ 177 milhões


Em 2012, TCE condenou prefeitos e ex-prefeitos do Amazonas em R$ 177 milhões.
Manaus - Em 2012, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) proferiu sentenças contra 71 prefeitos e ex-prefeitos do interior do Amazonas, que entre multas e devoluções de dinheiro público, foram condenados a pagar R$ 177.919.849,99, por problemas nas prestações de contas das prefeituras. Em relação a 2011, o valor das punições diminuiu cerca de R$ 20 milhões.

Dnit contesta irregularidade em obras de portos no Amazonas


As irregularidades foram apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que além do pagamento irregular, identificou omissão na fiscalização do serviço e falhas em alguns projetos básicos em execução.
Manaus - O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Jorge Fraxe, contestou nesta quinta-feira, em Manaus, o superfaturamento em R$ 51,6 milhões nas obras de 17 portos em construção no interior do Estado.
As irregularidades foram apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que além do pagamento irregular, identificou omissão na fiscalização do serviço e falhas em alguns projetos básicos em execução.
As obras, financiadas com verba federal, fazem parte do plano de implantação de infraestrutura portuária fluvial mínima para o desenvolvimento do mercado regional. Os projetos são padronizados e determinam a construção de terminais de passageiros, câmara frigorífica, guarita, cais flutuantes, pontes de acesso e serviços de terraplanagem.
Segundo o relatório do TCU, houve “sobrepreço excessivo” em várias etapas cumpridas das obras em Alvarães, Anamã, Anori, Barcelos, Barrerinha, Beruri, Benjamim Constant, Boa Vista do Ramos, Canutama, Carauari, Guajará, Ipixiuna, Iranduba, Itamarati, Itapiranga, São Gabriel da Cachoeira e Tapauá.
O coronel afirmou que a auditoria do TCU não considerou as particularidades da região Amazônica, como a produtividade da mão de obra local e custo da logística para transportar material. “Identificar irregularidade em obra não é uma novidade, é uma rotina, porque existem muitos critérios para executar um projeto e nem sempre o auditor concorda com a metodologia que está sendo aplicada”.
Fraxe informou que o Dnit vai apresentar todas as justificativas dentro do prazo determinado e que os relatórios do Dnit não devem alterar o cronograma das obras. “Temos portos 85% executados e estes devem ser inaugurados ainda 2013”, disse o coronel.
Fonte: http://www.d24am.com/noticias/politica/dnit-contesta-irregularidade-em-obras-de-portos-no-amazonas/78461

Municípios mais pobres do AM colecionam desvios de verba pública


Cinco cidades do interior com piores índices sociais registram casos de má gestão pública.
Manaus - Os cinco municípios mais pobres do Amazonas colecionam uma série de irregularidades com relação ao uso do dinheiro público. De 2001 até agora, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) reprovou 21 das 27 contas apresentadas pelas prefeituras de Ipixuna, Pauini, Tapauá, Guajará e Itamarati. Em todas essas localidades, mais de 75% da população vive abaixo da linha da pobreza. As informações são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Censo 2010.

Prefeito de Guajará AM Dr. Helio de Paula Constrói Posto de Saúde e entregará a comunidade em 2013

O prefeito de guajará Dr. Helio de Paula nesse final de mandato constrói posto de saúde no Bairro floresta que será entregue em 2013, essa sempre foi sua preocupação em sua administração com a saúde, estamos buscando cada vez mais melhorias  na saúde de nosso município, e não vamos parar  por ai ainda vamos fazer muito mais, vamos continuar trabalhando na saúde, educação, agricultura,  e cultura, para esse ano de 2013 temos muitos projetos para nosso município, para ser concluído mais escolas, posto de saúde, 2013 vai ser o ano de crescimento de nosso município, ate por que esses quatro anos foi para arrumar a casa, agora sim estamos pronto para receber recursos para avançar o guajará.

Em Cruzeiro do Sul Acre Nauas Intensifica Treinamento para 2013

Sem muito apoio o cacique do Juruá, vai treinando para o campeonato Acreano 2013, com time de base.
Por falta de investimentos, o único representante do Juruá no campeonato Acreano estadual 2013, teve que colocar os pés no chão e encara a realidade, como não teve como contratar, jogadores de expressão, o cacique do Juruá foi a luta e montou um time todo da região, são garotos da academia naus,o elenco do Nauas tem uma faixa de idade de 18 anos, todos jovem do Juruá,sem experiências profissional mas com muita garra e vontade.
Twitter Facebook Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger | Printable Coupons